Universidade americana mostra seis benefícios da meditação para sua saúde

Universidade americana mostra seis benefícios da meditação para sua saúde

Um estudo conduzido da Johns Hopkins University aponta que meditar 30 minutos por dia ajuda a aliviar os sintomas de ansiedade, depressão e dor crônica.

Nos últimos anos, pesquisas científicas provaram que a meditação pode não apenas relaxar o corpo e a mente, mas também ter efeitos específicos na saúde humana.

Um estudo conduzido pela Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, aponta que meditar, pelo menos, 30 minutos por dia pode ajudar a aliviar os sintomas de ansiedade, depressão e dor crônica.

Augusto Ruiiz, influencer da saúde e idealizador da Ruiiz Health Academy, explica que quem medita aprende a fazer escolhas mais conscientes e funcionais, influenciando a maneira como lida com os desafios cotidianos da vida pessoal e profissional.

“A meditação é uma excelente aliada da saúde e bem-estar. Poucos minutos de prática por dia, podem reduzir as chances de doenças físicas e mentais”, destaca.

O que é a meditação?

Meditação é um conjunto de técnicas destinadas a desenvolver padrões de atenção, emoção e crescimento pessoal.

A meditação não é apenas pensar em coisas boas e relaxar, mas também pode ser entendida como uma conexão com a consciência, inteligência e energia. Deixe de lado todas as dúvidas e concentre-se no “aqui e agora”.

Quais são os benefícios da meditação?

A meditação proporciona vários benefícios para a saúde. Augusto Ruiiz aponta alguns:

1 – Melhora a qualidade do sono

A meditação reduz a tensão e ajuda o corpo a relaxar, afetando diretamente a qualidade do sono.

Os principais problemas que dificultam uma boa noite de sono estão relacionados à ansiedade, fadiga mental e física.

Então, a prática da meditação parece ser uma ferramenta para desconectar a mente dessas preocupações e estímulos, permitindo que as pessoas descansem livremente.

  • – Melhora a capacidade de processamento potencial do cérebro

Um estudo da Universidade da Califórnia, publicado em “Frontiers in Human Neuroscience”, mostra que a prática da meditação pode melhorar as conexões elétricas do cérebro.

Ou seja,  além do processamento de informações de forma mais rápida, as capacidades de formação de memória e tomada de decisão também foram aprimoradas.

  • – Reduz o risco de problemas cardíacos

Quem pratica meditação tem cerca de 48% menos chances de desenvolver uma doença cardiovascular.

Isso acontece porque a atividade desacelera os pensamentos, descansa a mente e reduz o nível de estresse, diminuindo, consequentemente, a pressão arterial e os níveis alterados de compressão vascular.

  • – Diminui estresse e ansiedade

A meditação ajuda a diminuir o estresse e a ansiedade. Isso porque quando você se concentra, respira profundamente e inspira profundamente e, assim, algo acontece com seu sistema nervoso.

Esse processo faz com que os pulmões abracem o coração e abaixem nosso diafragma transverso.

Nesse momento, os receptores do nervo vago enviam sinais ao cérebro, e a resposta ao sistema nervoso simpático é liberar neurotransmissores para trazer efeitos calmantes ao corpo.

5 – Ajuda a manter a saúde e o bem-estar

A meditação proporciona vários benefícios para a saúde e o bem-estar.

Além de exercitar a mente, meditar abaixa os níveis de lactato e a pressão sanguínea, reduzindo tensões, dores, problemas nas articulações e até insônia.

6 – Ajuda na carreira

Com a meditação você pode perceber imediatamente pensamentos, sensações físicas e emoções quando eles aparecem, sem ter que reagir automática ou habitualmente.

Com isso, o praticante aprende a fazer escolhas mais conscientes e funcionais, o que influencia positivamente sua forma de lidar com os desafios diários da vida pessoal e profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.