Recuperação de dados, uma esperança para os arquivos que foram perdidos

Recuperação de dados, uma esperança para os arquivos que foram perdidos

Em dias em que todos os arquivos essenciais estão alocados em dispositivos de armazenamento, a perda de dados é um risco real para qualquer pessoa. E diante disso é fácil imaginar o quão desastroso pode ser essa perda.

HDs, SSDs, cartões de memória, pen drives, storages, servidores, banco de dados, máquinas virtuais, sistemas RAID, enfim, qualquer dispositivo de armazenamento pode sofrer com a perda de dados.

Ainda que existam dispositivos mais seguros do que outros, nenhum, absolutamente nenhum dispositivo é imune a perder os dados.

Por isso foram criados métodos para remediar a perda, como os backups e a redundância em sistemas empresariais, como os sistemas RAID, por exemplo. Mas veja, que eles não são propriamente para evitar a perda em si, mas para ser um respaldo para quando a perda acontecer.

O que mais se parece com um sistema para evitar a perda de dados, são os sistemas RAID que utilizam a redundância no registro dos dados, os arquivos são armazenados em mais de um disco para que caso um pare funcionar os dados estejam seguros em outro disco. Mas ainda esse sistema pode sofrer com perda de dados, empresas especializadas em recuperação de dados tem se empenhado para se aperfeiçoar na recuperação de todos os níveis de RAID, podemos ver isso nas tecnologias criadas pela Digital Recovery e a PhD Recovery.

Vejamos os melhores métodos para restaurar os arquivos perdidos.

Backups

Esse é o método mais conhecido, mas mesmo sendo amplamente utilizado, não é feito corretamente. O backup não é a cópia da informação, ele é a terceira cópias dos arquivos. E além disso o backup precisa ser feito constantemente, para que não haja um vácuo entre o último backup até a perda de dados. Existem opções de backups automáticos, o que ajuda que os arquivos salvos sejam sempre atuais.

A forma mais segura de backup é no formato 3x2x1 (3 cópias, 2 online e 1 offline). O backup offline talvez seja o mais importante, porque em muitos casos de ataques de ransomware até os backups são encriptados e caso isso aconteça os cibercriminosos terão em seu poder todos os dados da empresa.

O Backup offline pode ser feito em HD externo e SSD externo, mas o mais comumente utilizado por empresas são as fitas magnéticas, por possuírem uma vida útil extremamente longa e serem muito seguras.

Redundância

A redundância no armazenamento dos dados é feita pelos sistemas RAID, ele faz isso de duas maneiras, a primeira é pelos espelhamentos dos discos, ou seja, tudo o que é registrado em um disco é registrado em outro disco, logo as informações são registradas duas vezes em discos diferentes. E a segunda, é a distribuição sincronizada dos dados, os dados são fragmentados e registrados em todos os discos que estão sendo utilizados no RAID.

Essa é uma forma extremamente segura para os dados, mas ainda assim não é perfeita, há falhas que podem causar a perda dos dados. Que só poderão ser recuperados por uma empresa especializada em recuperação de dados.

Empresa de recuperação de dados

Essa é a última instância para quem perdeu os seus dados. Esse método só é possível, porque ainda que os dados foram apagados, corrompidos ou bloqueados, os registros ainda permanecem registrados no disco rígido, que com o conhecimento e as ferramentas certas poderão ser alcançadas e restauradas ao seu estado pleno.

Existem inúmeras empresas que prestam esse serviço, mas há algumas que se destacam por seu portfólio de serviços. Alguns dispositivos são mais fáceis de serem recuperados e existem outros que são extremamente complexos, ainda mais se tratando de backups, as fitas magnéticas são extremamente sensíveis e a recuperação requer um profundo conhecimento delas.

O maior desafio das empresas de recuperação de dados é acompanhar a evolução das tecnologias dos dispositivos de armazenamento de dados, essas tecnologias estão em constante avanço, e as empresas de recuperação de dados precisam acompanhar esse avanço, desenvolvendo as suas tecnologias. Logo, as empresas que não desenvolvem essas tecnologias ficam atrás das outras, muitas dessas tecnologias são criadas dentro das empresas.
Sempre tenha em mente que a perda dos arquivos não é o fim, existe a recuperação de dados para trazê-los de volta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.