Proprietário de revendedora de automóveis comemora crescimento de vendas de SUVs

Proprietário de revendedora de automóveis comemora crescimento de vendas de SUVs

Gustavo Ferreira, dono da Veículos 4×4, considera que sucesso das SUVs é em função da segurança e do conforto

A venda de SUVs superou, pela primeira vez na história, a soma de todos os hatches e sedãs comercializados no País, mostra o levantamento mensal feito pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O resultado é referente a agosto e é baseado em números fornecidos pela Bright Consulting com relação aos emplacamentos do segmento de veículos leves em agosto.

O proprietário da loja localizada na cidade do Rio De Janeiro, Veículos 4×4, Gustavo Ferreira, credita o resultado à sensação de segurança e ao espaço. “Acredito muito que a preferência pelos Suvs seja por causa da sensação maior de segurança, de atender a família, em especial os SUVs blindados, que são os nossos carros chefe”, afirma.

Ferreira teve um mês de agosto positivo, com crescimento em relação ao mesmo mês de 2020. “Nesse último mês de agosto fomos surpreendidos, as vendas ultrapassaram o mês de agosto de 2020 em cerca de 40%”.

Levando em conta os números da Fenabrave, que leva em consideração apenas os veículos de passeio no ranking dos subsegmentos, a fatia dos SUVs foi de 49,2%, ou seja, quase a metade dos automóveis vendidos no Brasil. De um total de 119.813 carros comercializados no mês passado, 58.968 foram SUVs. O mais vendido foi o Jeep Compass, com 6.819 unidades, seguido do Jeep Renegade, com 6.710 automóveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.