Dicas de como montar uma distribuidora de açaí com sucesso

O açaí é uma fruta típica da região norte e que nos últimos anos ganhou espaço em todo o país. Devido algumas de suas propriedades benéficas à saúde, ele se tornou uma paixão nacional. Por causa desse grande sucesso, muitas pessoas desejam ganhar dinheiro de alguma forma através da comercialização deste produto.

Para aqueles que desejam entrar nesse mercado, existe opção além das açaiterias. Ser um distribuidor é uma dessas opções.

Mas o que faz um distribuidor? É possível ter sucesso como uma distribuidora de açaí? Com a finalidade de ajudar ao futuro empreendedor a entrar nesse mercado, este artigo responderá a essas e outras perguntas.

 

O que faz um distribuidor?

 

Antes de saber como montar uma distribuidora de açaí é importante entender a diferença entre alguns conceitos, como fabricante, distribuidor, comerciante e consumidor.

 

  • Fabricante: responsável por fabricar o produto, ou seja, transformar a matéria prima em produto final. No caso do açaí, a empresa transforma a fruta em polpa;

 

  • Distribuidor: empresa que adquire uma grande quantidade de produto diretamente do fabricante e depois vende para os comerciantes. É o mediador entre fabricantes e comerciantes;

 

  • Comerciante: é aquele que adquire o produto diretamente do distribuidor e revende ao consumidor final;

 

  • Consumidor: é o cliente que adquire o produto para seu consumo próprio.

 

Os distribuidores são uma espécie de intermediários de compra coletiva. Eles compram uma grande quantidade dos produtos, e assim conseguem um preço bem mais barato. Transportar e armazenar uma carga maior se torna mais vantajoso que uma carga menor também.

O distribuidor, de uma maneira geral, possui algumas vantagens:

  • Investimento inicial baixo;
  • Prazo menor de retorno financeiro;
  • Alta rentabilidade;
  • Recebe apoio, suporte e treinamentos dos fabricantes, principalmente quando é distribuidor exclusivo.

 

 

 

Dicas importantes para montar uma distribuidora de açaí

 

 

  1. Localização da distribuidora

 

A localização de uma distribuidora é um aspecto importante. Ela não precisa estar localizada em um centro movimentado, mas precisa estar em uma região onde haja demanda pelo produto. Se na região não houver um grande número de açaiterias, logo não haverá clientes para a distribuidora.

Leve em consideração também as adjacências da região.

 

  1. Estrutura da distribuidora

 

Um dos aspectos importantes a serem avaliados na hora de montar uma distribuidora é a questão do espaço. Por ser um local que abriga uma grande quantidade de produtos, o ideal é que ele seja grande como um galpão ou depósito.

Na hora de escolher o tamanho desse espaço leve em consideração a quantidade de produtos que ele conseguirá estocar. Alguns aspectos importantes também devem ser avaliados, como:

 

  • Quantidade das compras: para ser um distribuidor é necessário uma logística e uma disponibilidade financeira maior, pois as compras são feitas numa grande quantidade. Isso garante um preço de aquisição bem mais competitivo e com um custo benefício maior;

 

  • Caminhão: uma distribuidora precisa pensar no transporte seguro do seu produto. No caso do açaí, esse produto precisa se manter refrigerado, em temperatura correta. Logo, o caminhão necessita ser refrigerado;

 

  • Câmara fria: ao contrário de outros produtos, o açaí precisa ser armazenado em temperatura correta. Por isso, o depósito deve possuir uma Câmara fria;

 

  • Vendedores: para que a distribuidora consiga fazer a sua carteira de clientes e o seu estoque girar é preciso que ela tenha pelo menos dois vendedores.

 

  • Escritório: é preciso levar em consideração a montagem do escritório administrativo. Neste caso será necessário: mesas, cadeiras, computadores, telefones, rede de internet, demais equipamentos e funcionários indispensáveis ao funcionamento.

 

 

  1. Logística

 

A logística refere-se ao processo de armazenamento e transporte de produtos. A distribuidora é a responsável por fazer essa ligação entre o fabricante e o cliente. A distribuidora busca o produto com o fabricante e também leva ao comerciante.

Além de bons caminhões, é necessário encontrar profissionais qualificados e experientes na área. Por ser uma mercadoria frágil, necessita ser bem cuidado. Caso contrário, o produto chegará impróprio para consumo.

A rota também deve ser eficiente para que não haja discrepância entre o tempo de entrega esperado e o realizado.

Dependendo do porte e do crescimento das vendas é possível contratar um serviço de transporte terceirizado.

 

  1. Conquistando clientes

 

Para conquistar uma boa clientela, é necessário se preocupar com alguns aspectos importantes.

 

  • Qualidade do produto: se o produto vendido não for de boa qualidade, certamente o cliente só comprará uma única vez. Entre outros fatores, para fidelizar o cliente é necessário que o produto atenda a qualidade proposta;

 

  • Preço: Assim como o produto necessita ter uma qualidade, o preço precisa estar condizente a essa qualidade, além de estar inserido naqueles praticados no mercado;

 

  • Entrega: não adianta preço e qualidade excelente se o comerciante não puder contar com o seu produto na data correta. Para fidelizar o cliente, também é importante cumprir os prazos e reduzi-lo sempre que possível;

 

  • Atendimento: os clientes merecem um atendimento eficiente e de qualidade, por isso invista em treinamentos para equipe. Assim como, disponibilize os melhores recursos para melhorar e agilizar esse atendimento.

 

 

Ao abrir uma distribuidora, inicia-se uma carreira nova, nasce um empreendedor. E com a gestão correta dessa empresa é possível expandir cada vez mais essa distribuidora de açaí e alcançar um número maior de clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *