Como acontece e como tratar um Trauma de face ?

Como acontece e como tratar um Trauma de face ?

O trauma de face é uma lesão física que pode acometer diversas partes do rosto como a óssea, a nervosa, a muscular e da pele. Os casos mais graves acontecem no maxilar, osso zigomático (osso da bochecha), nariz, mandíbula e osso orbital (região dos olhos).

 

Acidentes de trânsito (entre os homens) e casos de violência doméstica (entre as mulheres) são as principais causas dos trauma maxilo facial

 

Outros casos são lesões decorrentes de atividades esportivas, quedas, mordidas de animais e queimaduras.

 

Nem sempre após um trauma na região é necessário uma intervenção cirúrgica, mas o atendimento imediato é extremamente necessário.

 

Apenas com a avaliação inicial do médico e os primeiros exames de imagem, é possível prescrever o tratamento adequado.

 

Neste post, reunimos as principais informações para que você saiba como agir. Continue lendo e entenda:

 

– O que é trauma de face?

– Sintomas e diagnóstico de trauma maxilo facial 

– Tipos de trauma de face

– Como tratar fratura no rosto?

– Onde fazer cirurgia de trauma de face?

 

Boa leitura!

O que é trauma de face?

O trauma de face é um ferimento que acontece na região do rosto, podendo lesionar tanto a parte óssea quanto a parte muscular e a pele.

 

Esse tipo de lesão é bastante delicado e pode ter diversas causas como acidentes de trânsito, acidentes esportivos, brigas, acidentes com animais, violência doméstica entre outros fatores.

 

O trauma facial acomete mais os homens em acidentes de trânsito e está em terceiro lugar entre as causas de morte no país.

 

Além disso, as lesões mais graves podem afetar o cérebro, causando sequelas que podem ser irreversíveis.

 

Quando o quadro é operatório, o cirurgião buco maxilo facial é o responsável por fazer os reparos ósseos e motores da face.

 

Também há casos em que o cirurgião plástico especialista em cirurgia reparadora trabalha em conjunto para a recuperação estética do paciente.

 

Quais são os principais ossos da face?

Os ossos da face são divididos em pares e ímpares e, ao todo, formam um conjunto de 15 estruturas ósseas. 

Os ossos pares são: nasal, zigomático, palatino, concha nasal inferior e lacrimal. Os ímpares são: osso vômer, mandíbula e etmóide.

 

Ilustração dos principais ossos da face. Imagem: Reprodução/Toda Matéria.

Sintomas e diagnóstico de trauma maxilo facial 

Na maioria dos casos de trauma de face, a necessidade de tratamento é visível, pois as lesões são totalmente aparentes.

 

Mas pode acontecer de o paciente não ver nenhum efeito visual do trauma e ter a falsa impressão de que não aconteceu nada.

 

Por isso, os principais sintomas que podem ser sentidos por quem passou por algum acidente ou mesmo uma queda são:

 

  • dor;
  • paralisia do rosto;
  • inchaço;
  • perda de sensibilidade na região afetada;
  • dificuldade de movimentar a mandíbula (abrir e fechar a boca);
  • limitações na mordida (movimento dos dentes);
  • desvio no encaixe dos dentes;
  • surgimento de mancha na pele;
  • visão embaçada/turva.

 

Ao manifestar qualquer um dos sintomas acima depois de um episódio de trauma de face, é urgente procurar atendimento médico de emergência.

 

Para diagnosticar o tipo de lesão que o trauma na face gerou, são feitos exames de imagem como tomografia computadorizada e radiografias.

Tipos de trauma de face

Os tipos de trauma na face podem variar dependendo da forma de impacto, do que o causou e do tempo de trauma.

 

Alguns dos traumas de face que podem ser tratados são:

 

  • laceração pontual na pálpebra, nariz ou lábios;
  • lesão com perda de tecido;
  • traumas em estruturas como canal lacrimal, canal salivar ou nervos;
  • fratura no osso do nariz, osso orbital ou da mandíbula;
  • ferimento na região craniofacial.

 

Todos os tipos de trauma acima são tratados com procedimento cirúrgico feito por um médico especialista.

Como tratar fratura no rosto?

A cirurgia de trauma de face trata o quadro do paciente usando uma técnica atual chamada de Fixação Interna Rígida (FIR).

 

Então, na região onde aconteceu o trauma, são colocadas pequenas placas e parafusos de titânio ou de um material absorvível.

 

O objetivo do tratamento dos traumas de face e ferimentos orais é devolver as funções motoras naturais e também recuperar a estética facial.

 

A FIR evita que o paciente precise ficar com a boca amarrada por vários dias, tornando o tempo de recuperação pós-operatório menor.

 

Além disso, ajuda a voltar com as funções rotineiras como higiene bucal, mastigação e fala muito mais rápido. 

Vantagens do FIR com material absorvível

Quando a cirurgia de trauma de face envolve placas e parafusos de titânio, esses materiais são permanentes, ficando no corpo para sempre.

 

Utilizando a técnica FIR com material removível, não é preciso se preocupar com a retirada dele no futuro.

 

Essa opção é especialmente importante em casos de trauma em crianças. Com o passar dos anos, os ossos vão crescendo, ganhando estrutura e a lesão se cura sem precisar de outra intervenção cirúrgica.

 

Por isso, é fundamental contar com profissionais especializados e atualizados com as técnicas atuais de cirurgia de trauma maxilo facial.

O que acontece se não é feito o tratamento adequado?

O tratamento incorreto ou a ausência de tratamento dos traumas de face podem causar alterações nas funções estruturais como:

 

  • desoclusão dos dentes (mordida errada);
  • alterações da estética facial;
  • diplopia (visão duplas) em casos de fratura no osso orbital;
  • calcificação das lesões, entre outras. 

 

Portanto, nunca deixe de procurar tratamento.

Onde fazer cirurgia de trauma de face?

Na hora de fazer uma cirurgia para tratar um trauma de face, procure por indicações de profissionais especializados e converse sobre a técnica que será usada.

 

O procedimento pode variar dependendo do que gerou o trauma e de como está o estado do paciente.

 

Contar um cirurgião buco-maxilo-facial qualificado fará toda a diferença no resultado final do tratamento. 

 

Este post foi escrito especialmente para o blog XXX e é uma iniciativa do Instituto Maxilo Facial de apresentar a importância e os benefícios da cirurgia de trauma de face para pacientes em situação de risco.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.