Clínica de reabilitação: O que é e como funciona

Clínica de reabilitação: O que é e como funciona

Leia este artigo até o final e aprenda tudo sobre Clínica de reabilitação: O que é e como funciona uma clinica que trabalha ajudando pessoas.

Pode parecer uma pergunta simples, mas algumas pessoas podem não saber realmente para que serve e como funciona uma clínica de reabilitação.

Você sabe como funciona uma clínica de reabilitação?

Afinal, qualquer tema relacionado à dependência química e alcoolismo é sempre uma tarefa delicada.

As dúvidas mais frequentes sobre esse assunto dizem respeito aos procedimentos, quais os custos, qual a documentação e qual a duração do tratamento.

Se você é uma pessoa que também tem essas dúvidas, você veio ao lugar certo.

O que é uma clínica de reabilitação?

Uma clínica de reabilitação é um espaço de resgate, ou seja, um ambiente onde se busca limpar o organismo, e também devolver um propósito à vida de quem sofre com essa doença.

Nesse espaço, o paciente encontrará um suporte que irá ajudá-lo a sair do vício.

Quais profissionais fazem parte de uma clínica de reabilitação?

A clínica de reabilitação é composta por uma equipe capacitada que atua em diferentes áreas, como:

  • Médicos clínicos, 
  • Psiquiatras, 
  • Psicólogos, 
  • Enfermeiros, 
  • Terapeutas ocupacionais, 
  • Consultores, 
  • Monitores em dependência química, 
  • Educadores físicos, 
  • Fonoaudiólogo.

Além de contar com profissionais capacitados, uma clínica de reabilitação precisa contar com uma estrutura adequada.

Afinal, alguns pacientes podem passar até 6 meses de tratamento.

Caso você esteja procurando clinicas de internação em suzano, ou em qualquer parte do Brasil, você precisa entrar no Google e pesquisar pelo termo que você deseja.

Qual o papel de uma clínica de reabilitação?

A palavra reabilitação quer dizer, cuidado e atenção que é fornecido por uma equipe capacitada, com o objetivo de melhorar o comportamento e as habilidades do paciente. 

Essas habilidades podem ser físicas, mentais ou cognitivas.

Dessa maneira, as clínicas de reabilitação são ambientes compostos por uma equipe qualificada para atender pessoas com diversos tipos de problemas. 

O objetivo dessas clínicas é inserir essas pessoas novamente na sociedade, após um período de tratamento.

É importante ressaltar que as clínicas de reabilitação não são locais exclusivamente para tratamento de dependentes químicos. 

Existem clínicas de reabilitação para pessoas com lesão ou com doenças crônicas.   

Há também algumas clínicas de reabilitação mais amplas e tratam questões relacionadas à ansiedade, depressão e estresse, além de outras condições como TOC, distúrbios alimentares e outros tipos de vício.

Na maioria das vezes, esses locais são em locais estratégicos e reservados, para garantir discrição, paz e tranquilidade dos pacientes. Essas clínicas também oferecem acomodações e alimentação para que seus pacientes recebam os devidos cuidados para o seu tratamento.clinica para drogados

Veja tambem Augusto Ruiiz comenta: Como o abuso de álcool e tabaco pode destruir sua saúde

 

Quais são os tipos de internação em uma clínica de reabilitação?

Agora que você já entendeu um pouco melhor o que é uma clínica de reabilitação vamos listar os tipos de internação existentes:

  • Internação voluntária

Esse tipo de internação quer dizer que o próprio dependente reconhece a sua dificuldade de lidar sozinho e reconhece que precisa da ajuda de pessoas capacitadas.

Dessa forma, ele mesmo busca ajuda especializada ou autoriza que alguém faça o encaminhamento.

Apesar de ser a melhor alternativa, muitas pessoas se recusam a contar com a ajuda.

  • Internação involuntária

Como o próprio nome já diz, esse tipo de internação é quando o processo acontece contra a vontade do paciente.

Ele se recusa a buscar ajuda, pois acredita que consegue se libertar do vício sozinho.

Entretanto, sabemos que não é tão simples assim.

Nesses casos, é importante que alguém da família, amigo ou pessoa responsável possa autorizar e fazer o encaminhamento.

  • Internação compulsória

Neste tipo de internação, nem o paciente e nem familiares ou amigos podem fazer o encaminhamento.

Na internação compulsória, toda a condução é feita através de um juiz que determina a sentença.

Na internação compulsória, o juiz irá contar com um laudo médico, que contém informações sobre o real estado do paciente e, então, dará o seu veredicto.

Caso você esteja procurando clinicas de internação em itanhaem, ou em qualquer parte do Brasil, você precisa entrar no Google e pesquisar pelo termo que você deseja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.