ZUMBIDO NO OUVIDO: O QUE PODE SIGNIFICAR ESSE PROBLEMA?

ZUMBIDO NO OUVIDO: O QUE PODE SIGNIFICAR ESSE PROBLEMA?

É muito difícil encontrar alguém que nunca tenha sofrido com o chamado zumbido no ouvido. É bem comum e causa um incômodo para quem sente.

O zumbido pode aparecer em qualquer idade, porém é mais frequente entre as pessoas idosas, devido a lesões no canal auditivo ao longo da vida.

O sintoma pode ser momentâneo ou durar por um tempo longo. Além disso, pode estar acompanhado de dor de cabeça, tontura e perda auditiva.

Por isso, é importante conhecer mais sobre esse assunto e saber se você precisa de ajuda médica!

Vamos lá.

O QUE É ZUMBIDO NO OUVIDO?

 O zumbido é basicamente quando você escuta um som mas não há nenhum estímulo para isso. Ou seja, não tem nada tocando e ninguém falando, mas aquele barulho persiste no seu ouvido.

Esse som pode ser parecido com um apito, um chiado, uma cigarra, entre outros. Quando se está em um local silencioso o barulho tende a ser mais perceptível pelo indivíduo.

Pesquisas indicam que o problema é mais comum entre as mulheres e que os chiados costumam aparecer e desaparecer com frequência.

Algumas pessoas relatam o zumbido no ouvido ao deitar na cama. Algumas zumbido no ouvido esquerdo, outras zumbido no ouvido direito.

ZUMBIDO NO OUVIDO, O QUE PODE SER?

Quando uma pessoa nota que está com zumbido no ouvido é importante que ela passe a prestar mais atenção nas vezes que isso ocorre para conseguir identificar informações que possam ajudar em um diagnóstico.

Por exemplo, saber com que frequência o zumbido aparece, quão incomodativo é e quanto tempo leva para desaparecer.

Isso vai ajudar o médico Otorrinolaringologista a diagnosticar se se trata de um episódio isolado ou de alguma deficiência auditiva.

O que causa zumbido no ouvido?

Esse problema pode estar relacionado a diferentes causas. Nem sempre é possível identificar o que provoca zumbido no ouvido.

Algumas das causas pode ser:

Existem outros fatores que podem estar relacionados a esse problema, nesse caso é válido consultar um médico e estar atento aos episódios de ocorrência.

Remédios que causam zumbido no ouvido

Você leu anteriormente que os remédios ototóxicos estão entre as causas do zumbido no ouvido. Mas afinal, o que é um remédio ototóxico?

Os medicamentos ototóxicos possuem componentes tóxicos que podem prejudicar a audição, inclusive causar o zumbido no ouvido.

Na maioria dos casos, eles afetam a audição temporariamente, porém podem ocorrer situações irreversíveis.

Entre os remédios ototóxicos estão os medicamentos quimioterapêuticos, vancomicina, diuréticos de alça, salicilatos, neomicina e estreptomicina.

 

ZUMBIDO NO OUVIDO, O QUE FAZER?

O que deve ser feito após identificar o zumbido no ouvido?

Primeiro, é importante saber a causa do problema e ver se ele vai persistir. Muitas vezes, o zumbido desaparece sozinho.

Se o problema passar a ser frequente, é necessário fazer uma consulta com um médico especialista na região e verificar a necessidade de fazer uso de aparelhos auditivos.

Existem boaslojas de aparelhos auditivos em Curitiba, que podem te ajudar a encontrar o ideal para você.

COMO CURAR ZUMBIDO NO OUVIDO?

O tratamento para o zumbido vai depender da causa.

Alguns remédios são utilizados como antidepressivos e ansiolíticos com o intuito de diminuir a ansiedade e melhorar a qualidade de sono, coisas que aumentam o problema. Vasodilatadores e anti-histamínicos também estão na lista.

É importante ressaltar que esses medicamentos não devem ser consumidos sem prescrição médica.

Além de medicamentos, terapias podem ser uma opção. Existem terapias como a cognitiva e a terapia do som, que ajudam o paciente a melhorar a percepção daquele ruído.

E claro, os aparelhos auditivos podem ser a opção correta para melhorar a qualidade de vida de quem sofre constantemente com esse problema.

Antes de começar um tratamento, ressaltamos mais uma vez que uma consulta médica é essencial para a solução ideal para cada pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.