Conheça a raça do cão-lobo

Conheça a raça do cão-lobo

O cruzamento entre um cão e um lobo gerou três raças pouco conhecidas, mas incríveis

 

O cão-lobo recebe esse nome por sua semelhança com os lobos. No Brasil, a raça não é muito comum, mas seu porte e sua pelagem costumam chamar a atenção. Inclusive, você sabia que eles são o resultado do cruzamento de um lobo com um cão?

 

Saiba mais detalhes do cão-lobo, como a personalidade do cachorro e tipos considerados como raças caninas.

Quais são os tipos de cães-lobo?

São três os cruzamentos de cães com lobos considerados como raças: o cão-lobo checoslovaco, o cão-lobo de saarloos e o cão-lobo de Kunming. Conheça mais detalhes sobre cada um abaixo.

Cão-lobo checoslovaco

Leais e inteligentes, os cães-lobo checoslovacos têm habilidades semelhantes às dos lobos. Surgem a partir do cruzamento entre um pastor-alemão e uma loba da cordilheira dos Cárpatos. 

 

Os animais são grandes e precisam de espaço, além de serem mais ativos e não tão amigáveis com estranhos. Exigem um dono com mais experiência, por mais que sejam domesticados.

 

Vivem em média 16 anos, pesam mais ou menos 25 kg e têm muita energia. Eles não são tão afetuosos, mas são bons guardiões, se adaptam ao frio e são bastante independentes.

 

Uma curiosidade interessante sobre a raça é que eles sabem uivar desde muito jovens, característica comum aos lobos. No entanto, os latidos não são comuns, tanto que devem ser treinados para isso.

Cão-lobo de saarloos

O surgimento dos cães-lobos de saarloos é misterioso, porém, a história mais aceita envolve o cruzamento de uma loba de zoológico com um pastor-alemão. A união das espécies foi um experimento de Leendert Saarloos, por isso o nome “cão-lobo de saarloos”.

 

Sua pelagem lembra muito a dos lobos, assim como seu tamanho. Eles podem chegar a ter 75 cm de altura e uma média de 26 kg. O temperamento é forte, tanto que o animal obedece às próprias vontades e é independente.

 

Apesar de não ser um cão submisso, a raça é dócil e tem certo apego com o dono e com as pessoas com quem convive. Sobre o tempo de vida, sobrevivem, em média, 12 anos.

 

Por serem grandes, precisam de espaço para interagir e não são recomendados para tutores inexperientes. O cão-lobo de saarloos também pode ser reservado e desconfiado com estranhos, tendo tendência a fuga e desinteresse na proximidade com quem não conhece.  

Cão-lobo de Kunming

Pode ser chamado apenas de cão Kunming e tem suas origens na China. Não existem muitas informações sobre o surgimento da raça, porém, acredita-se que envolve a mistura de cães pastores-alemães da Alemanha com cães-lobos militares da China.

 

O cruzamento tinha fins militares, com o intuito de ter um cão fiel, de guarda e vigilante ao que acontecia à sua volta. De qualquer forma, ficaram muito parecidos com o pastor alemão, inclusive pela cabeça e o corpo.

 

Assim como seus colegas cães-lobos, reconhecidos como raças de cães, eles são musculosos e precisam de espaço para se exercitar. Não gostam de estar parados e precisam de atividades para se sentirem ocupados. Em média, chegam aos 68 cm de altura e pesam 38 kg.

 

Como são inteligentes, aprendem fácil os comandos dados, porém, da mesma forma que os cães-lobo de saarloos, não são muito sociáveis. Apesar da fidelidade ao dono, são reservados com estranhos. Para evitar problemas, a recomendação é socializá-los ainda filhotes.

Posso ter um cão-lobo?

Sim, você pode ter um cão-lobo, mas precisa estar preparado para lidar com seu comportamento diferenciado. A primeira característica, comum a duas das três raças, é a de serem reservados, então, não o force a conviver com estranhos o tempo todo.

 

Além disso, a independência e necessidade de espaço pesa muito para as raças. Só os leve para casa se puder oferecer o que os cães-lobo precisam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.