Chalés e cabanas de madeira fazem sucesso no Sul, veja como fazer o seu

Chalés e cabanas de madeira fazem sucesso no Sul, veja como fazer o seu

Moradia se tornou alternativa, principalmente em tempos de pandemia

Rusticidade e aconchego. Essas são duas características intrínsecas a móveis como chalés e cabanas. Nos últimos tempos, eles têm se tornado mais populares até mesmo aqui no Brasil e, especialmente, na região sul do país.

Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, por exemplo, existem diversas opções para quem deseja alugar um imóvel desses para passar alguns dias. Quem deseja fazer o seu, porém, deve ter pelo menos um projeto de construção.

Para sanar as principais dúvidas a respeito de chalés e cabanas de madeira, selecionamos tudo aquilo que você precisa saber sobre esses imóveis, desde a localização até o tipo de madeira escolhido.

Eu quero uma casa no campo

A pandemia de COVID-19 pode ser considerada um marco na História da humanidade por diversos motivos. Para além de todos os prejuízos sociais e econômicos, podemos dizer que ela maximizou a necessidade de contato com a natureza e com ambientes mais tranquilos.

“Eu quero uma casa no campo / Do tamanho ideal, pau a pique e sapê / Onde eu possa plantar meus amigos / Meus discos e livros e nada mais”. A canção Casa no campo, eternizada na voz de Elis Regina, traz um retrato desse lugar ideal, com toda a simplicidade inerente à vida fora dos grandes centros urbanos. 

E agora é para esse lugar, onde a paz e o sossego reinam junto ao ar puro e ventilado das matas, que as pessoas desejam ir. Na região Sul, por exemplo, já existem cabanas e chalés de madeira que podem ser alugados por temporada ou para curtir um final de semana, por exemplo.

No Instagram @umacabana, um casal gaúcho traz diversas fotos com suas experiências em chalés e cabanas em diversos lugares do mundo, mas principalmente dentro do Brasil. E não se engane com a rusticidade simbólica desse tipo de imóvel. 

As opções mostradas são mais incríveis do que você pode imaginar. Cabanas com banheira, TV a cabo, internet, ar-condicionado, aquecedor, lareira e até piscina com hidromassagem. Se tem algo que não vai faltar é conforto.

Como fazer a sua cabana

Agora, se mais que alugar, você deseja adquirir a sua própria cabana ou chalé, você precisa ter em mente alguns pontos importantes. Em primeiro lugar, o terreno deve ser plano, de modo que a estrutura seja a mais segura possível. Locais com riscos de deslizamentos, por exemplo, não são adequados para esse tipo de projeto.

Em segundo lugar, você deve pensar se vai criar um projeto de cabana ou se vai preferir comprar uma pré-montada. O modelo padrão desse tipo de imóvel é em formato de A, tendo uma base térrea e um andar superior. Isso possibilita um maior aproveitamento do espaço.

Inclusive é bom esclarecer que esse formato está diretamente relacionado com o uso desses imóveis em regiões extremamente frias, como é o caso de vários países da Europa. O formato em A faz com que a neve acumulada no telhado consiga, pouco a pouco, ser eliminada, sem o risco de comprometer a estrutura.

Já em relação aos materiais usados, a escolha deve ser pautada sempre na qualidade. Serão necessárias vigas, ripas, telhas, tábuas, dobradiças, parafusos e pregos. No caso das madeiras, as mais indicadas são as de maior durabilidade como Angelim Pedra, Grápia, Ipê, Itaúba e Maçaranduba.

Vantagens e Desvantagens

Entre as vantagens de se construir ou comprar uma cabana de madeira, teremos o baixo custo (que chega a ser quase 60% menor que o de uma casa de alvenaria), uma boa durabilidade (de acordo com as madeiras usadas e sua manutenção) e um menor tempo de construção.

No entanto, tais casas são menos resistentes a desastres naturais, como enchentes, deslizamentos de terra e vendavais. Isso sem falar que, caso não haja uma manutenção adequada e a madeira usada não seja de qualidade, há riscos com infestações de cupins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.