Sonda nasogástrica: quais os cuidados necessários?

Sonda nasogástrica: quais os cuidados necessários?

A sonda nasogástrica é extremamente valiosa sendo cuidada por pacientes que podem ter problemas de deglutição ou não podem comer por via oral.

A adição do cilindro é obrigação do zelador médico e seu cuidado impreciso pode acarretar inconvenientes, como contaminações nas rotas aéreas, enjôos, distensão estomacal, dissuasão de tubos e furos da estrutura relacionada ao estômago.

Nessa linha, aqui, falaremos um pouco mais sobre seus sinais de uso e a consideração importante para que tais emaranhados não aconteçam. Olhe para a!

Antes de você ler este artigo sobre Sonda nasogástrica, caso você tenha interesse em comprar misoprostol, é necessário procurar um especialista para lhe orientar sobre tal aquisição.

O que é um cilindro nasogástrico e quando é indicado ?

O tubo nasogástrico, ou tubo nasoenteral (ENS), é um tubo elástico ou plástico adaptável – polivinil – inserido através da narina no estômago ou no sistema digestivo, para torná-lo concebível para cuidar ou canalizar líquidos de um paciente.

A apresentação desse tipo de cilindro deve ser realizada por um atendente e espera-se sua utilização para direcionar medicamentos ou alimentos, despressurizar o estômago para eliminação de líquidos, pesquisar a motilidade digestiva, tratar drenagens e dissuasores, ou ainda coletar substância gástrica para exame .

A alimentação enteral é demonstrada por conta de pacientes em internação tardia, que, por motivos desconhecidos, não conseguem ingerir alimentos. Por exemplo, por causa do estado de transe, procedimento médico maxilofacial ou cervical, patologias da trama gastrointestinal, infecções degenerativas, acidente vascular cerebral, crescimento maligno da língua e outros.

Apesar de cuidar da capacidade, o teste pode ser utilizado para lavagem gástrica, em antecipação de procedimento médico, para drenagem de estagnação e infiltração de líquido. Da mesma forma, sua utilização também é concebível na organização de drogas quimioterápicas no tratamento de tumores malignos.

Ele pode ser usado tanto na clínica como em casa e requer uma atenção para evitar problemas, como obstrução, travamento, abertura, quebra, infortúnio ou saída do cilindro.

 

Que medidas de segurança são necessárias ao utilizá-lo?

Seja no ambulatório ou em casa, o médico responsável deve orientar o indivíduo no controle – enfermeiros especialistas e responsáveis ​​- sobre a consideração fundamental com a sonda nasogástrica. Veja os principais aqui!

 

Esterilização

Como o cilindro é extremamente fino, pode ficar obstruído sem nenhum problema. Assim, é importante limpar o teste após o uso. Aplicar 30 ml de água separada a cada utilização para assepsia. Infundir com cuidado para que a pressão da água não interrompa o teste. Além disso, aperfeiçoe a parte externa do cilindro com pano, água e 70% de licor, algo como uma vez por dia.

 

Fixação

Para evitar retiradas e remanejamentos do teste, ele deve ser fixado na pele do paciente com uma faixa ou fita hipoalergênica. A fita deve ser trocada de forma consistente, ou em qualquer ponto que esteja caindo.

 

Lave o nariz com desinfetante e água e seque bem, antes de colar mais uma vez, porém sem esfregar, tomando cuidado para não permitir que o cilindro torça ou passe diante de seus olhos ou boca.

 

Aspiração

Antes de vigiar qualquer substância por meio de um cilindro, é importante aspirar o líquido que está dentro do estômago. Gire a ponta de teste e fixe, evitando que o ar entre no cilindro, depois elimine a tampa.

Anexar a agulha, desenrolar o cilindro e puxar o desentupidor, aspirando a substância gástrica. Se o volume aspirado se compara à maior parte do banquete passado, é recomendado ficar de prontidão para cuidar dele mais tarde. A substância aspirada deve ser constantemente renovada.

No final, gire a ponta de teste mais uma vez, refazendo a estratégia para que não entre ar no cilindro e elimine a agulha, cobrindo-a mais uma vez.

 

Posição apropriada

Apesar da posição correta do cilindro, também é importante se preocupar com a localização do paciente para obter a dieta líquida. Deve ser colocado na posição sentada, com almofadas nas costas, em qualquer ponto de 15 graus.

Após a organização da rotina alimentar, é importante salvá-lo em prostração por cerca de 30 minutos para evitar vômitos e gol nos pulmões. Caso o paciente não possa ser posicionado, o paciente deve ser colocado de lado para evitar o refluxo gástrico.

 

Organização da dieta

Dependendo da condição do paciente, do tipo de dieta e da área do cilindro, bem como das necessidades saudáveis ​​e da presença de cuidados bucais correlatos ou não integrais, a organização da rotina alimentar pode acontecer de forma constante, descontínua ou em um “bolão”.

Por conta da organização ininterrupta, o volume apresentado fica em torno de 100 a 150 ml por hora. No caso irregular, são oferecidas porções de 200 ml a 400 ml, 4 a 6 vezes ao dia, por meio de jarros ou sifões de mistura.

A organização em “bolus” é finalizada por agulhas ou com a utilização de frascos oscilantes em suportes elevados, utilizando a gravidade para misturar, gota a gota, o volume em um período de 5 a 15 min.

Após o gol, encha a agulha e encaixe o teste, curvando continuamente o cilindro enquanto elimina a tampa. Empurre o desentupidor gradualmente para administrar a substância em cerca de 3 minutos.

Deve-se tomar mais cuidado ao fiscalizar a alimentação às pressas, causando distensão estomacal, má absorção, vômito e frouxidão dos intestinos.

Após o preenchimento de cada recipiente, é prescrito limpar o teste com 20 ml de água peneirada e borbulhada, evitando acúmulo de acúmulos. Finalmente, mantenha o teste fechado quando não estiver sendo usado.

 

Substituição da sonda

Os sondas devem ser suplantados em qualquer ponto em que haja um problema, como uma pausa, verificação ou situação e trabalho infelizes. De qualquer outra forma, um paciente pode permanecer em um cilindro semelhante por até 5 meses ou mais.

 

Que bom que você leu este artigo até aqui. Caso você esteja procurando por sibutramina sem receita ou algum produto que resolva o seu problema de forma rápida, entre em contato com a Premiumsaudebrazil.org

Neste artigo, você descobriu como lidar com uma sonda nasogástrica para alimentação enteral ou anseio gástrico, seja em uma clínica de emergência ou em consideração domiciliar. Ao observar essas regras para limpar, situar e gerenciar a rotina alimentar, as apostas são limitadas, evitando paradas e efeitos incidentais como vomitar e correr.

Aqui, no blog do CEEN, você observará continuamente dados pertinentes sobre a vocação da enfermagem e o dia a dia dessa importante especialista na área do bem-estar.

 

Se você preferiu esta substância sobre a importância da sonda nasogástrica e está se preparando para passar muito tempo na área de saúde, certifique-se de ler nosso outro post sobre como se preparar financeiramente para estudar. Ótima leitura!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.