Riscos e consequências da gravidez na adolescência

Riscos e consequências da gravidez na adolescência

A adolescência é o período da vida em que o organismo está em desenvolvimento, e está entre os 10 a 19 anos, e em alguns casos, a adolescência é interrompida quando a jovem engravida.

Uma em cada cinco mulheres no mundo engravida antes dos 18 anos todos os anos. 

Risco de gravidez na adolescência

De acordo com médicos, a idade mais indicada para uma mulher gerar um bebê é entre 20 e 35 anos, pois, não provoca nenhum risco nem para a mãe e nem para o bebê.

A gravidez na adolescência é considerada de alto risco e envolve várias complicações, como:

A adolescente não está preparada física ou mentalmente para ter um filho e assumir as responsabilidades da maternidade.

Já que está lendo este artigo sobre “Riscos e consequências da gravidez na adolescência” conheça o site abortivocytotec.com.br, que você pode Comprar misoprostol original.

Riscos da gravidez na adolescência 

  • Desnutrição com carência de nutrientes importantes para o bom desenvolvimento da criança.
  • Maior número de abortos
  • Nascimento prematuro
  • Seus filhos estão abaixo do peso porque o útero não está totalmente desenvolvido devido à imaturidade do corpo.
  • Mães adolescentes têm filhos com múltiplos problemas de saúde e deficiências de desenvolvimento.
  •  Quando as meninas estão grávidas com menos de 15 anos, é mais provável que a criança nasça com defeitos congênitos.

Consequências psicológicas durante a gravidez na adolescência 

Em geral, os estudos mostram uma série de condições pelas quais as mães adolescentes passam:

  • Medo do ostracismo social: uma das consequências da adolescência e da gravidez é que as jovens se sentem criticadas pelos que as cercam e tendem a se isolar do grupo.
  • Rejeição da criança: São crianças e não querem assumir a responsabilidade, o tempo e os deveres de uma mãe. Mas também os faz sentir culpados, tristes e diminuir sua auto-estima.
  • Problemas com a família: A comunicação da gravidez na família muitas vezes leva a conflitos e até rejeição dentro da família.
  • Filhos de pais e mães adolescentes podem ter maior probabilidade de insucesso escolar, dificuldades de aprendizagem ou inclusão social.

De qualquer forma, a melhor prevenção é uma boa educação sexual para as jovens da família. 

É importante educar sobre os riscos e complicações da gravidez na adolescência e quaisquer mudanças que ocorram a partir do momento em que a adolescente engravida.

O diálogo familiar é essencial e deve ser uma conversa aberta e transparente para que os jovens tenham todas as informações ao seu alcance.

Mas se o menino ou a menina não forem devidamente orientados nesse assunto, o controle de sua intimidade pode escapar de suas mãos e levar a uma gravidez precoce. 

Entre as muitas causas existentes, as mais importantes são:

Má influência familiar, como: brigas, conflitos, brigas.

Falta de conhecimento sobre anticoncepcional.

Outros casos de gravidez precoce na família.

A menstruação veio muito cedo.

Embora a gravidez na adolescência possa ocorrer em qualquer classe social, ela tende a atingir taxas mais elevadas em famílias de baixa renda.

Outro lugar para você Comprar misoprostol original, no site “comprarmisoprostoloriginal.com” ele trabalha com a venda desses produtos.

Consequências da gravidez na adolescência

As consequências prejudiciais da gravidez na adolescência:

Pressão alta durante a gravidez.

A criança pode nascer abaixo do peso ideal.

A anemia ocorre na mãe.

O parto pode ser complicado e pode exigir uma cesariana.

Falta de carinho de mãe para filho.

Baixo rendimento escolar ou abandono escolar da mãe adolescente.

nascimento prematuro.

aborto espontâneo.

Baixa auto-estima e risco de depressão.

Risco de malformações para o feto.

afastamento do meio social.

Desistir de um emprego ou ter dificuldade em encontrar um.

Como evitar a gravidez na adolescência?

A melhor maneira de evitar a gravidez na adolescência é pesquisar e conhecer seu próprio corpo e o de seu parceiro antes de começar a fazer sexo.

Como evitar a gravidez na adolescência

1. Métodos contraceptivos

Existem vários métodos de controle de natalidade ou controle de natalidade

2. Métodos comportamentais

Dependem principalmente do comportamento da mulher e requerem conhecimento prévio do corpo feminino para sua aplicação.

3. Métodos hormonais

Pílulas anticoncepcionais ou injeções com hormônios não naturais, este tipo de método perturba o equilíbrio hormonal no corpo da mulher, altera o desenvolvimento do endométrio e o movimento das trompas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.